Grupo Ambientalista Nascentes

Postado por ganaorg Comentários desativados

No início desta semana, o Ibama/PA pediu a reconsideração da decisão da liminar emitida pelo juiz federal substituto da 5ª Vara em Belém que impede a doação e o leilão das madeiras apreendidas nas operações em Tailândia. O superintendente do Ibama no Pará, Aníbal Picanço, afirma que, apesar da decisão do juiz substituto, a liminar não impede a retirada da madeira ilícita das serrarias.

Para ele, o pedido de reconsideração deve ser atendido porque, caso as empresas tenham êxito no processo administrativo ou no judicial, serão ressarcidas. “Além disso, mostramos ao juiz que a madeira é perecível porque fica exposta a condições climáticas adversas e precisa ser leiloada rapidamente”, acrescenta Picanço.

Na mesma decisão, o juiz também negou o pedido de duas empresas para serem fiéis depositárias das madeiras apreendidas durante as operações em Tailândia.

Fonte:
Luciana Almeida
Ibama/PA

categories: Notícias

Sobre

O Grupo Ambientalista Nascentes (GANA) é uma associação civil sem fins lucrativos ou político-partidários.